Mariana Mayer é a mãe biológica de Maria Mayer.

Maria foi criada no circo de Pepe sem saber quem eram seus verdadeiros pais. Até que depois de muito tempo, quando a Júlia/Júli revelou que estava o tempo inteiro com a sua mãe biológica prisioneira na ilha durante 30 anos, igual a sua irmã gêmea Samira que até o fim da primeira temporada ela nem sabia que existia.

Mariana resistiu todo dia lendo livros, se distraindo para não deixar nada abalar mesmo sabendo que estava isolada numa das celas da ilha dos mutantes. Ela ficou 30 anos presa, e quando foi solta acabou sendo abduzida pelos reptilianos durante a invasão deles.

Porém depois de muito tempo depois, Júlia resolve "reunir" toda a família de Maria para morrerem juntas, a mãe de criação e a mãe biológica juntas na prisão de Samira, onde estavam todas condenadas à morte. Foi nesse encontro emocionante, que Maria conheceu a sua verdadeira mãe que nunca havia tido contato.

Mariana Mayer era casada com Sócrates Mayer (que a Júlia afirma que era seu amante).

No fim, Mariana, Ana Luz, Maria, Marcelo, Tati e os filhos de Samira e Maria vão embora após o casamento para a Amazônia.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.